Novas embalagens e alternativas ao plástico

Freixo do Meio 15 Jan 2019

Pretendemos inaugurar o primeiro trimestre deste ano com a redução do uso do plástico nas embalagens dos produtos alimentares BIO Freixo do Meio. Temos como desafio melhorar a política interna de zero desperdício, nomeadamente nos serviços administrativos e nas diversas etapas de produção.

Nesse sentido, temos vindo a seleccionar embalagens menos plastificadas e a adaptar a rotulagem atual a essa alteração, dentro dos parâmetros possíveis, de acordo com as exigências regulamentares ao nível da conservação, qualidade e transporte dos nossos alimentos biológicos.

Esta tem sido uma das preocupações dos colaboradores e co­produtores da Cooperativa de Usuários Freixo do Meio e, como tal, é uma das nossas ambições de futuro. Estamos, ainda, a estudar qual a melhor alternativa para substituir o plástico nos cabazes bio CSA por um material reutilizável, com menor impacto ambiental e economicamente sustentável.

Nessa mesma linha lançámos, recentemente, o saco ecológico de juta Freixo do Meio (dimensões: L47 X A33 X 18cm) resistente para transportar compras, frutas e vegetais frescos. É produzido por uma empresa portuguesa, sediada no norte do país, a partir de uma fibra têxtil vegetal proveniente da família de plantas Tilioideae.