Reformulação nas estufas

14 Jan 2021 Freixo do Meio

Nas últimas semanas demos início a uma re-estruturação das nossas estufas. Vemos as estufas com o objectivo de acelerar o desenvolvimento das plantas e consequentemente aumentar a capacidade produtiva de hortícolas e permitir a extensão da época de cultivo de certas culturas.

Por exemplo, este ano tivemos tomate na estufa de Março a Novembro. Outro exemplo: uma alface no Inverno demora 3 semanas a estar pronta para colher dentro da estufa e cá fora pode demorar 5 semanas.

A reformulação em curso quer aumentar a área de cultivo dentro da estufa ao aplicar a técnica Market Gardening com os princípios da horticultura biointensiva. Esta técnica, que já está em experiência fora da estufa desde o início do ano com muito sucesso, tem um foco na eficiência e produtividade, cumpre os requisitos da agricultura biológica e encaixa muito bem na ética da Agroecologia.

A instalação não requer qualquer movimentação de solo e pressupõe estender cartão na terra e aplicar uma altura de 15 cm de composto em camas de cultivo com medidas fixas. Permitimos com isto a criação de condições para a prosperidade e proliferação da microbiologia, base para um solo saudável, criador de plantas saudáveis e consequentemente criador de pessoas saudáveis.