Os Comuns no mundo a haver (por Alfredo Cunhal Sendim)

Freixo do Meio 16 Abr 2020

Há três meses as paragens de autocarro de Lisboa apregoavam a “Geração Sem Limites”, através de uma campanha publicitária de uma das redes que opera na prótese universal. Ora, vamos lá pensar juntos, como dizia o Agostinho da Silva, sem limites, num planeta finito já a abanar e com 8 biliões de pessoas como nós, é normal que isto não vá correr bem.

Ler Mais